ABCR completa hoje 17 anos de sua fundação

ABCR_Logo POSITIVONo dia 7 de dezembro de 1999, captadores de todo o país se reuniram na Fundação Getulio Vargas, em São Paulo, para aprovar a criação da ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos. Hoje, 17 anos depois, a ABCR celebra o seu aniversário e o crescimento da sua capacidade de promover a profissão e impactar positivamente o país.

O primeiro presidente da ABCR foi René Steuer, nosso associado número 1, que administrou provisoriamente a ABCR até a eleição formal de Custódio Pereira, que liderou por três anos, até 2002. Depois vieram Cristina Murachco, que dirigiu a Diretoria Executiva da ABCR de 2002 a 2005, Marcelo Estraviz, que foi Presidente de 2006 a 2012, e finalmente João Paulo Vergueiro, de 2012 a 2015. Em 2015, René Steuer retornou à Diretoria como Presidente, e após a reformulação do nosso Estatuto, agora é Presidente do Conselho Deliberativo.

Atualmente a ABCR desenvolve inúmeros projetos, como o Festival ABCR, os Cursos, o Prêmio ABCR, o Censo do Captador de Recursos, as palestras online, ações em defesa do setor, o #diadedoar, etc. Nosso Boletim semanal chega a 23 mil pessoas, e estimamos que, somada com nossa página na internet e nossa fanpage no facebook, alcancemos cerca de 50 mil pessoas todos os meses.

São profissionais dedicados à sustentabilidade econômica das organizações da sociedade civil – captadores, mobilizadores de recursos e profissionais de desenvolvimento institucional, que fazem a ABCR acontecer.

Atualmente, a ABCR é financiada pelos seus 330 membros, que pagam uma anuidade de 220 reais, no caso de pessoa física. Esse apoio é fundamental para garantir a continuidade dos nossos trabalhos.

Se você é associado da ABCR, obrigado, você é parte disso!

Se você não é associado, fazemos o convite para que junte-se a nós e compartilhe conosco esse trabalho de fazer um país melhor, e as organizações mais fortes e sustentáveis.

Parabéns aos captadores de recursos, parabéns à ABCR!

facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *