CESE apoia iniciativas de resistência em 2017

091f065d2aba657521aab164c755a50aNo ano de 2017, a prioridade do Programa de Pequenos Projetos da Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE) será fortalecer iniciativas de resistência popular. Apesar de não ter um teto máximo estipulado para apoio a pequenos projetos, pois isso varia de acordo com o tipo de atividade, o valor médio de apoio atualmente é de 9 mil reais.

Segundo informações lidas pela ABCR no site, a CESE entende por pequenos projetos ações pontuais, isto é, que tenham início, meio e fim, e não dependam da continuidade do apoio. Chamam esses projetos de “pontuais” porque suas atividades são bem específicas e estão relacionados à ação-fim da organização.

São apoiados projetos em todo o Brasil, com prioridade para as regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste, nas áreas de Direitos Humanos, Fortalecimento Institucional, Desenvolvimento Econômico, Educação, Saúde Popular, Articulação Ecumênica, Comunicação, Cultura e Meio Ambiente.

Podem participar movimentos sociais populares, associações, sindicatos, grupos de base, cooperativas, fóruns e articulações, organizações não-governamentais de apoio e assessoria ao movimento popular, pastorais sociais e diaconias das igrejas.

A CESE recebe e analisa projetos durante todo o ano no Programa de Pequenos Projetos, porém eles devem chegar com, no mínimo, 40 dias de antecedência ao início previsto das atividades e as propostas enviadas entre os meses de dezembro e janeiro podem levar um maior tempo para análise e aprovação.

É possível submeter propostas por e-mail ou correio convencional, e há especifidades previstas no edital. Acesse o site https://www.cese.org.br/programa-de-pequenos-projetos-prioriza-iniciativas-de-resistencia-em-2017/ e confira as informações completas.

facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

One thought on “CESE apoia iniciativas de resistência em 2017

  • Somos uma Associação de Pacientes de Doenças neurológicas do Hospital das Clinicas de Goiânia-GO. Associação e formada por pessoas de 7 municípios do Estado de Goiás, 90% sem condições financeiras se quer para deslocamento de sua cidade para Goiânia. Parabenizamos os senhores pelo trabalho e gostaríamos de saber sobre a possibilidade de Projetos nessa área. Pretendemos desenvolver projetos criadores de renda para a Associação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *