Como as organizações podem se planejar para o #diadedoar

logo_diadedoar_vertRecentemente, o Diretor Executivo da ABCR, João Paulo Vergueiro, ministrou palestra online para as organizações da sociedade civil, com dicas sobre como elas podem se planejar para fazer uma grande campanha para o #diadedoar 2016, que será celebrado em 29 de novembro. Neste artigo, nosso Diretor apresenta essas dicas, e reforça porque o planejamento é importante para a ação que a organização irá realizar.

Como as organizações podem se planejar para o #diadedoar

No dia 29 de novembro celebraremos a doação e a solidariedade. A campanha #GivingTuesday (terça-feira da doação), criada nos Estados Unidos em 2012, por iniciativa da organização 92Y, foi um grande sucesso, e rapidamente se espalhou por todo o mundo. No Brasil, desde 2013 fazemos nossa versão local da campanha, e o nome que damos a ela é #diadedoar.

Contribui muito para o sucesso do #diadedoar no mundo o fato da campanha não ser centralizada, não ser feita de cima para baixo. Desde sua origem, o #diadedoar foi pensada como uma iniciativa que só funciona se tiver a adesão verdadeira de cada participante, e se cada um que se sentir parte dela e assumir a campanha como sua.

O #diadedoar é um grande movimento, uma grande mobilização mundial, na qual cada um faz a sua ação, cada um faz o seu próprio #diadedoar, e contribui à sua maneira para o grande resultado final, de fazer um mundo melhor para todos.

Um dos atores fundamentais para o sucesso do #diadedoar são as organizações da sociedade civil. No dia 29 de novembro, queremos que o Brasil inteiro doe, e para que isso aconteça é fundamental ter as organizações preparadas para fazer o pedido de doação e mobilizar as pessoas para o #diadedoar.

Por isso, preparei uma série de seis breve dicas, de como sua organização pode se preparar para se engajar e ter sucesso no #diadedoar 2016:

1 – A meta: a primeira e mais importante dica é ter uma meta. Sem ter um objetivo bem traçado do que a sua organização quer obter como resultado da sua participação no #diadedoar, ela não saberá medir se teve ou não sucesso. Quanto a sua organização quer captar no #diadedoar? Quantos novos doadores quer conquistar? Quantos doadores recorrentes quer obter? Quantos novos seguidores nas redes sociais quer ter? Esses são só alguns dos exemplos de possíveis metas que a organização definir. Lembre-se: sem foco não há impacto.

2 – A equipe: definida a meta, temos que constituir uma equipe. Quem, dentro da organização, é apaixonado pelo #diadedoar e pode ser um grande líder da campanha? Definir uma boa equipe e a liderança que vai trabalhar nos próximos meses para estruturar a sua campanha é meio caminho andado para o sucesso. E montar uma equipe para organizar o #diadedoar da sua organização é também uma forma de trazer e mobilizar voluntários.

3 – A marca: como será a sua campanha? qual a marca dela? o nome? a identidade visual? Não existe campanha sem comunicação, e é preciso definir a estratégia da sua ação para o #diadedoar. Pode-se, por exemplo, fazer uma página especial do #diadedoar dentro do site da organização; pode-se enviar boletins por e-mail (newsletters) com informações sobre a sua campanha; e é possível, e até desejável, fazer uma contagem regressiva para o #diadedoar, mobilizando a comunidade antecipadamente.

4 – Os parceiros: para o sucesso da sua campanha é muito importante contar com parceiros. Empresas locais são sempre bons parceiros, porque podem ser tanto doadoras como mobilizadoras de pessoas, seus funcionários e até seus clientes. O Governo e a imprensa local são também potenciais parceiros que vão contribuir para a sua campanha, e até outras organizações locais, incluindo grupos como Rotary, Lion, maçonaria, etc., podem ser convidados. E por que não fazer um campanha conjunta do #diadedoar, captando recursos para a sua organização e para outras parceiras, somando as forças?

5 – As redes sociais: estamos cada vez mais online, e nossos doadores também. É fundamental a organização ter uma presença permanente nas internet e nas redes sociais, e o mesmo vale para a sua campanha do #diadedoar. Além do site, a campanha pode – e deve – ser divulgada no Facebook, no Twitter, no Instagram e, se a organização tiver uma equipe com capacidade para isso, até em outras mídias, como o Snapchat e Linkedin. Mas não, não deixe de mobilizar seus apoiadores para o #diadedoar também online, ou o seu alcance e da sua campanha será muito menor.

6 – O cronograma: é preciso planejar! E como o #diadedoar é uma campanha com data específica – este ano será no dia 29 de novembro – o planejamento pode ser feito olhando o cronograma de trás para frente, e assim a sua organização conseguirá definir bem os prazos, os momentos mais importantes antes do dia chegar, os responsáveis, etc. O resultado de definir um cronograma e se planejar bem é que é possível fazer um monitoramento preciso de como anda sua campanha e, se necessário, melhorar os rumos a tempo.

Meta, equipe, marca, parceiros, redes sociais e cronograma. Seis dicas simples e importantes para garantir que a sua organização tenha uma grande campanha do #diadedoar.

Tem muitas mais dicas, informações em recursos na página oficial da campanha na internet, em www.diadedoar.org.br. Lá você também pode cadastrar sua organização, informando a todos que também estão participando dessa grande ação global.

No dia 29 de novembro vamos mobilizar o país inteiro. Vamos conectar nossas organizações com os doadores e captar mais recursos. Doar é um ato de amor, e a doação é o modelo de financiamento do nosso setor. E é por isso que é nosso dever promove-la!

João Paulo Vergueiro, diretor executivo da ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos, professor da FECAP e membro do Conselho do #diadedoar.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin