Engajando mulheres na doação

Profissionais que atuam com captação de recursos devem entender que como o gênero influencia o comportamento da doação. Essa é a mensagem do Instituto de Filantropia das Mulheres (Women’s Philanthropy Institute, no original), que publicou estudo recente que explora os fatores que formam os padrões da doação baseada no gênero, incluindo idade, religião, renda e etc.

A mensagem principal do estudo é que os captadores que adaptam suas práticas para abordar as mulheres de forma personalizada, e dentro das preferências destas, acabam levantando mais recursos, ganhando novos doadores e alcançando suas metas mais rápido do que o esperado.

Algumas das razões citadas para engajar doadoras diretamente são:

  • A riqueza das mulheres está crescendo;
  • Mulheres tendem a doar mais, independente do nível de renda e idade;
  • Mulheres doam de forma diferente – as motivações e causas são outras;
  • Ao abordar os doadores de forma única, os captadores estão deixando dinheiro na mesa, sem captar.

Sobre o assunto, o Instituto desenvolveu até um infográfico que resume os principais achados e argumentos levantados para a importância de se incentivar a doação das mulheres.

O material completo está em inglês, e a notícia original que serviu de fonte para a ABCR pode ser encontrada em https://afpglobal.org/how-engage-women-donors.

A pesquisa completa está disponível em https://philanthropy.iupui.edu/institutes/womens-philanthropy-institute/index.html.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin