Na média dos últimos 10 anos, Brasil é fica na posição 74 dos 126 países mais generosos do mundo

A pesquisa World Giving Index 2019 (Índice Mundial da Solideriedade), divulgada na terça-feira, dia 15 de outubro, mostrou que o Brasil ficou na posição 74, de 126 países que foram analisados, considerando os mais generosos do mundo.

World Giving Index 2019 analisa três fatores: ajuda a pessoas na rua, doação em dinheiro para ONGs e trabalho voluntário para ONGs. A pesquisa deste ano, diferente dos anos anteriores, não trouxe dados novos, e sim uma análise dos resultados com base nos dez anos anteriores, aprofundando o entendimento sobre o quão solidário cada país é.

No consolidado, 26% da população brasileira está envolvida na doação, da qual a mais comum é a ajuda a estranhos, e a menos comum o trabalho voluntário em ONGs – organizações da sociedade civil. No mundo todo, o país mais generoso nesses dez anos foi os Estados Unidos, seguido por Myiamar e Nova Zelândia.

World Giving Index 2019 é uma iniciativa da Charities Aid Foundation – CAF, e no Brasil é representado pelo IDIS – Instituto de Desenvolvimento do Investimento Social.

Confira a notícia completa, e o link para baixar o relatório atualizado, acessando https://www.idis.org.br/quase-metade-da-populacao-mundial-ja-ajudou-um-desconhecido-aponta-estudo-divulgado-pelo-idis/.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin