Correios suspendem envio de marketing direto de captação

ATENÇÃO: Recebemos a informação da reativação dos serviços de mala direta, a partir do dia 25 de março, notícia que não consta ainda publicamente no site dos correios. Seguiremos acompanhando as notícias e mantendo todo o setor atualizado.

* * *

Como medida para combater a pandemia de coronavírus, os Correios suspenderam vários dos serviços oferecidos à população, dentre eles o marketing direto, muito utilizado por organizações de todo o país para o envio de mala direta de captação de recursos.

Ainda que todas as medidas para evitar a disseminação do vírus sejam fundamentais para o Brasil, a ABCR entende que ao impossibilitar o envio de cartas para os doadores os Correios tornam ainda mais difícil a situação das organizações da sociedade civil, que já não estão podendo captar com atividades presenciais, como eventos ou diálogo direto. E isso impacta tanto as que já se utilizavam da ferramenta como as que poderiam passar a investir em marketing direto, em razão das demais restrições existentes.

A suspensão desse serviço impede que milhões de boletos sejam enviados aos respectivos doadores, cuja contribuição é fundamental para gerar impacto social e ambiental e transformar positivamente a vida do país. Impede também que as organizações se comuniquem de outra forma que não apenas online, em uma realidade em que muitos ainda se utilizam do papel.

Além disso, todo o processo de produção e disparo das malas diretas é eletrônico, sem nenhum contato humano, sendo que até o momento também está ativo o  serviço de entrega de cartas por parte dos carteiros (este sim um serviço humano, que demanda cuidado e atenção).

A ABCR seguirá acompanhando eventuais novas medidas que venham a ser tomadas pelos Correios, agora ou futuramente, na expectativa de que tanto a crise seja superada em breve, minimizando o seu impacto na captação de recursos, como os serviços sejam restabelecidos.

Novidades serão compartilhadas neste veículo.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin